Quem Somos   |   Onde Estamos   |   Palavra Operária   |   Seções   |   Publicações   |   Fração Trotskista   |  


Por Bruno Gilga
, Diana Assunção, diretora do Sindicato dos Trabalhadores da USP (SINTUSP)

A greve está em um impasse, com a Reitoria desmarcando a única reunião de negociação agendada – justamente para discutir o corte de salários – e anunciando abertamente que só irá negociar em setembro, apostando no desgaste do movimento.


+ leia mais



Por redação do jornal Palavra Operária

No dia 13 de agosto, Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco e candidato à presidência pelo PSB, morreu em um acidente de avião na cidade de Santos.


+ leia mais

Veja como os trabalhadores da gráfica Donnelley, na Argentina, colocaram a fábrica para produzir sob controle operário diante da fuga da patronal.


+ leia mais



OFENSIVA IANQUE NO IRAQUE
Por Claudia Cinatti, PTS

Enquanto o presidente Obama goza de suas férias, aviões e drones americanos novamente jogam toneladas de bombas sobre o Iraque. Esta nova aventura militar dos Estados Unidos começou na sexta-feira, dia 8 de agosto, e tem como objetivo frear o avanço do chamado Estado Islâmico de Iraque e do Levante, ou o próprio Estado Islâmico, que desde junho tomou cerca de um terço do território sírio e um quarto do território iraquiano.


+ leia mais



PARA ELES, TUDO. PARA NÓS, NADA.
Por Fernando Pardal

Nos próximos meses vamos nos deparar com todo tipo de propaganda pedindo um voto. Mais um voto para que eles possam continuar com privilégios, recebendo salários – sem contar os “extras” – de mais de 26 mil reais (36 vezes mais que o salário mínimo). Somadas as verbas, os deputados e senadores custam mais de 1 bilhão de reais por ano. Sem falar nos salários dos juízes.


+ leia mais



Por Frederico Noa, de Buenos Aires

Segue a luta na fábrica argentina de autopeças, Lear, contra as demissões. Contra o governo, a polícia e a burocracia sindical, os trabalhadores estão firmes na luta.


+ leia mais

Um vírus extremamente letal, considerado como possível “Arma biológica”, o Ebola leva a morte de até 90% dos infectados, não existindo um tratamento específico e não havendo vacinas que possam conter sua expansão


+ leia mais

Muitos trabalhadores, mesmo que não vejam o PT como saída para nossos problemas, acabam votando nele como um "mal menor" diante do retorno do PSDB. Queremos discutir com essa ideia.


+ leia mais

O cenário econômico do Brasil mostrado nos últimos dias pela imprensa econômica capitalista tem sido cada vez mais negativo. É hora de prepararmos uma resposta dos trabalhadores para que sejam os capitalistas a pagar por sua crise.


+ leia mais

Após algum tempo de ameça de demissão de 120 trabalhadores, quando esses se preparavam com uma forte campanha contra as demissões, a multinacional gráfica Donnelley, líder mundial do ramo, resolveu fechar a sua planta na Argentina com a desculpa de uma crise. Os trabalhadores em resposta, ocuparam a fábrica e a colocaram para produzir.


+ leia mais

Nós, das agrupações Professores pela Base e Juventude às Ruas, levamos a todos os setores que ali se reuniam o debate sobre a necessidade de lutarmos contra a precarização da Educação. Mas não desvinculamos a organização de professores e de estudantes da urgência em se forjar uma nova política.


+ leia mais

Quando estava em campanha, Zago não cansava de afirmar que seria o reitor do diálogo. Nós da LER-QI, desde então, não cansávamos de dizer que não há diálogo com alguém que dirige a universidade mais elitista e racista do país, apoiado em uma estrutura de poder completamente antidemocrática como a que existe hoje. Contudo, Zago levou adiante sua demagogia e foi eleito pelo “novo” colegiado eleitoral da USP, que acabou com o segundo turno restrito apenas ao Conselho Universitário (CO), no qual estão apenas os diretores de unidades, professores titulares ligados às fundações de direito privado, às empresas terceirizadas, e uma representação absolutamente insignificante de estudantes, trabalhadores e professores não titulares. Agora, a eleição se faz pelas congregações, onde a composição não é muito diferente daquela do CO, mas apenas reúne um número maior de burocratas acadêmicos espalhados nas unidades de ensino.


+ leia mais

Não apenas no governo, mas por via do controle de sindicatos e fundos de pensão, o PT tem sido uma peça fundamental para manter a democracia dos ricos.


+ leia mais

Há muitos que argumentam que "os dois lados estão errados" ou que Israel "tem direito a se defender". Nós queremos dizer porque achamos que o lado dos trabalhadores e da juventude é o lado dos palestinos, contra o Estado de Israel.


+ leia mais

Diante da intransigência da Reitoria da USP cortando os salários dos trabalhadores em greve, só havia uma resposta: radicalizar. Os trabalhadores da USP lançaram mão dos métodos da classe operária, como os piquetes, mas dessa vez em formato inédito na universidade: um trancaço total da USP, dos três portões principais e dos portões menores de pedestres.


+ leia mais



CRISE DA ÁGUA
Por Thiago Flamé

O verão sem chuvas e o longo período de estiagem estão mostrando a falta de eficiência do sistema de abastecimento no principal polo industrial do país. Apesar do governador Geraldo Alckmin negar, já existe falta de água em muitas regiões.


+ leia mais



POR UMA PALESTINA LIVRE, LAICA E SOCIALISTA
Por Diego Dalai

O número de mortos e feridos pelo Estado de Israel segue em franco aumento. O exército sionista bombardeou hospitais, escolas, mesquitas e até um grupo de crianças. Já assassinaram mais de 1.000 palestinos, feriram outros 4.000 e há dezenas de milhares de refugiados. 70% dos mortos são civis e mais de 20% crianças.


+ leia mais



PROFESSORES PELA BASE
Por Professores Pela Base

No dia 24/07, Marcio Barbio, diretor da APEOESP pela Chapa 4 – Oposição Alternativa, e militante do Professores pela Base, esteve no ato convocado pelo Sepe, Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro, em defesa do direito de greve.


+ leia mais



COMO ESTÃO OS METROVIÁRIOS APÓS AS DEMISSÕES

A derrota que sofremos com as 42 demissões abriram caminho para o Metrô, no pós-greve, avançar sobre a categoria impondo um clima de terror na base, através do desconto dos dias da manutenção e da segurança, um forte assédio nos locais de trabalho pelas chefias, tentativa de colocar câmeras nas cabines dos trens, restrição do acesso aos demitidos nas áreas internas, proibição de manifestação não autorizada nas dependências do metrô, intimação para os demitidos prestarem depoimento na DELPOM (Delegacia de Polícia do Metrô), além da militarização do Metrô, que se iniciou em meio à nossa greve e, mesmo depois da Copa do Mundo, segue fortemente nas estações e nos pátios. O tucanato rasga o direito de greve dos metroviários como parte de uma politica nacional de um setor da burguesia para tentar disciplinar o conjunto do ativismo operário que nasceu pós-junho, tratando-os como "vândalos", e que se expressa em outros lugares, como na USP, com a prisão do trabalhador Fábio Hideki, e na recente demissão de Adailson, uma das principais lideranças da greve dos rodoviários no inicio desse ano em Porto Alegre.


+ leia mais

No dia 5 de agosto, quase um mês depois do início da ofensiva de Tel-Aviv sobre a Faixa de Gaza, o Exército de Israel, a milícia do Hamas e distintos grupos islâmicos concluíram uma trégua de 72 horas. Em meio a reiteradas advertências do secretário de Estado norteamericano, John Kerry, de que “ambas as partes devem ceder para chegar a um acordo de cessar-fogo duradouro” (momentos depois de os EUA conceder US$ 230 milhões de dólares para que o Exército israelense continuasse operando contra o povo palestino), as negociações no Egito culminaram na retirada das tropas israelenses do território da Faixa de Gaza.


+ leia mais

A greve está se mantendo firme, o pessoal está muito confiante. Depois de 19 anos sem parar, o hospital estava uma calamidade estávamos revoltados. Muitos se rebelaram, saíram do armário, mostraram sua cara e entraram na luta.


+ leia mais



TEORIA: UM GUIA PARA AÇÃO REVOLUCIONÁRIA
Por Iuri Tonelo

Nessa época de eleições volta à cena uma grande fase de promessas: na televisão, nos jornais, em cada folheto que recebemos, vemos uma infinidade de ideias e promessas de que, dessa vez, a nossa condição de vida irá mudar.


+ leia mais



BASTA DE MASSACRE AO POVO PALESTINO!
Por Simone Ishibashi

Nos últimos dias as páginas dos principais jornais do país foram tomadas pelas declarações do porta-voz da chancelaria israelense, Yigal Palmor, de que o Brasil seria um “anão diplomático” e de que “desproporcional seria 7 x 1”, em alusão ao jogo da Copa.


+ leia mais

Na segunda-feira, 23 de junho, J. Mathunjwa, presidente da AMCU (Associação de Mineiros e Sindicato da Construção, segundo sigla em inglês) anunciava a assinatura do acordo salarial que colocava fim à greve mais longa dos mineiros do cordão da platina na África do Sul.


+ leia mais



DECLARAÇÃO DA FT-QI SOBRE O ATAQUE ISRAELENSE A GAZA

Depois de uma semana de bombardeios brutais contra a população civil de Gaza, que deixou um saldo de pelo menos 172 mortos (entre eles 36 crianças), mais de 1500 feridos, o governo israelense do direitista Benjamin Netanyahu continua com a operação “Margen Protector”, enquanto avalia a trégua proposta pelo governo golpista do Egito.


+ leia mais



Depois de 60 dias de uma dura greve realizou-se uma grande atividade de formação política para trabalhadores organizada pelo Movimento Nossa Classe USP. A partir da exibição da minissérie “Marx Voltou” e da exposição de Brandão, diretor do Sintusp, dezenas de trabalhadores da USP e de outros locais de trabalho debateram a atualidade do Manifesto Comunista.


+ leia mais

PÃO E ROSAS NA GREVE
Por Por Bárbara, trabalhadora do Hospital Universitário da USP



A greve dos trabalhadores da USP já ultrapassou 60 dias de greve e desde seu início as estudantes e trabalhadoras do grupo de mulheres Pão e Rosas estão mergulhadas nessa greve apoiando ativamente e atuando junto à Secretaria de Mulheres do Sintusp.


+ leia mais

PROFESSORES PELA BASE
Por Professores Pela Base

As férias dos professores da rede estadual de São Paulo foram marcadas por uma justa inquietação frente a mais um ataque vindo do governo do Estado (PSDB). Veio à tona uma minuta elaborada pelo governo, com uma proposta de reformulação do “Estatuto do Magistério Público do Estado de São Paulo”, que é um verdadeiro ataque ao professorado e à educação de conjunto. Frente à inquietação crescente dos professores, o governo prontamente retirou a tal minuta da pauta. A questão é: será que ele tirou essa ideia da cabeça?


+ leia mais

GREVE DO METRÔ DE SÃO PAULO
Por Felipe Guarnieri, delegado sindical da estação Santa Cruz
, Marília Rocha



O PSTU quer encobrir para a esquerda internacional sua incapacidade de dirigir a greve dos metroviários para transformá-la numa “batalha de classe”.


+ leia mais

CAMPANHA INTERNACIONALISTA
Por Aguiar X
, Thiagão Barros



Negros vivendo em condições de miséria, que são repreendidos pela polícia diariamente, têm seus bairros cercados pelas tropas militares, tendo cerceada sua liberdade de manifestação e qualquer outro direito básico, convivendo com o medo e a morte. Essa é a realidade vivida por quase 9 milhões de negros no Haiti.


+ leia mais

MANIFESTO MIRS-QI



Este Manifesto foi aprovado pela VIII Conferência Internacional da Fração Trotskista - Quarta Internacional, realizada em agosto de 2013 em Buenos Aires.


+ leia mais

GREVE DA USP



Mais uma vez os trabalhadores da USP dão um exemplo! No sexagésimo quinto (65º) dia de greve, os trabalhadores da USP realizaram uma passeata do câmpus do Butantã até o hemocentro do Hospital das Clínicas para realizar um ato simbólico de doação de sangue para a população atendida pelo Sistema Único de Saúde (SUS).


+ leia mais

ECONOMIA
Por Flávia, estudante de economia da Unicamp

Vemos a cada compra do mês que os alimentos estão consumindo cada vez mais a nossa renda. Todos os dias os jornais nos bombardeiam com notícias sobre a inflação destacando como é importante o aumento das taxas de juros (hoje em 11% as maiores do mundo) e no trabalho as chefias nos dizem que é hora de começarmos sacrifícios abrindo mão de nossa luta por aumentos reais nos salários, principalmente nas datas bases, como as que virão para o próximo semestre. Como os trabalhadores e o povo pobre devem encarar este fantasma que tanto nos assombra?


+ leia mais

ESQUERDA
Por Simone Ishibashi



Está circulando pelas redes sociais um vídeo e textos da candidata pelo PSOL a deputada federal do Rio de Janeiro, Solange Pacheco, que é uma verdadeira afronta a todos os que se consideram de esquerda. No vídeo, Solange Pacheco, se apresenta como candidata do PSOL, e afirma ter “um firme propósito de expressar sua indignação contra os ignorantes que estão crucificando Israel”. Em seu texto, vai mais longe. Diz: “Essa demonização do Estado democrático de Israel e a vitimização dos povos árabes que historicamente são governados por tiranos, guerrilheiros e famílias reais é de uma superficialidade que beira a estupidez. Pura propaganda panfletária.” -


+ leia mais

QUESTÃO DA MULHER
Por Marília Rocha
, Rita Frau, professora e da Executiva Nacional do Movimento Mulheres em Luta



Há um tempo vem se desenvolvendo na esquerda e no movimento feminista uma discussão acerca da criação de vagões exclusivamente para mulheres (também conhecidos no movimento como “vagões rosas”).


+ leia mais





Palavra Operária Nº107

    


  principais títulos::
     MOVIMENTO OPERÁRIO INDUSTRIAL
Contra lay-offs, suspensões e demissões na indústria automotiva

     COMBATE DE CLASSE
Lear: algumas lições de uma “escola de guerra” internacional

     PARA ELES, TUDO. PARA NÓS, NADA.
Temos que dizer chega a essa “democracia dos ricos”


    ver todos os artigos...    


Buscar Rechercher




RECEBA O BOLETIM ELETRÔNICO DA LER-QI
E-mail:














INSTITUTO DO PENSAMENTO SOCIALISTA

CENTRO DE ESTUDOS, INVESTIGAÇÕES E PUBLICAÇÕES "LEON TROTSKY"
 

Contato: ler-qi@ler-qi.org